sexta-feira, março 23

Man cheng jin dai huang jin jia



2 comentários:

Shinobi disse...

Ainda não fiz a crítica no meu blog, mas aviso desde já que à primeira vista parece ser a obra mais fraca da trilogia de wuxias de Zhang Yimou. "Herói" é simplesmente, na minha opinião pessoal, o melhor filme asiático de todos os tempos; "O Segredo dos Punhais Voadores" é um excelente filme, mas inferior ao mencionado anteriormente; este à partida é o pior dos três. No entanto a sumptuosidade visual está lá, disso não haja dúvidas!

Bruno Gonçalves disse...

Jorge,

Antes de mais obrigado pelo comentário. Não é todos os dias que tenho um comentário de um especialista em cinema oriental. ;)

Eu, por opção pessoal, não faço críticas de cinema. Nem sei bem porquê, uma dia destes tento. Geralmente, deixo apenas a referência no blog, caso julgue que o filme merece ser visto. Este é um deles, sem sombra de dúvida.

Primeiro de tudo, tenho a que dizer que este é o meu segundo filme Yimou Zhang, sendo o primeiro "The Road Home", um filme que me perturbou. Não leves este comentário no mau sentido. O filme tinha pormenores deliciosos e uma fotografia fantástica, mas toda a história é, sei lá, desconfortável. A simplicidade do argumento foi levada ao extremo, quase. Enfim, não fiquei muito bem impressionado. "Hero" e " O Segredo dos Punhais Voadores", eram dois filmes que não tive oportunidade de ver, com muita pena minha. Dessa forma, não tenho termo de comparação.

Dito isto, achei o filme fantástico. Talvez o facto de não conhecer ainda muito bem o cinema oriental, tenha contribuido bastante para ter uma opinião tão positiva. A fotografia está fabulosa, os cenários são soberbos e um guarda-roupa de luxo. A própria história de poder e tentativa de golpe, tudo no seio de uma família imperial, é feita com um estilo tão diferente daquele que estamos habituados. Para não falar de grandes interpretações, principalmente da Li Gong. Estou com grande vontade de ver os dois filmes que citaste.

Abraço