sábado, abril 14

Coisas Estranhas

Hoje no Público, li uma Carta ao Director, onde o autor, depois de uma viagem à Madeira, mostra-se espantado com o grau de respeito e civismo pelos cartazes dos partidos da oposição, ao contrário do que se passa deste lado do Atlântico. Vamos a ver, um dia destes passa a acreditar que as eleições são mesmo democráticas!

3 comentários:

Vítor Sousa disse...

Também li essa carta, e não sabia como reagir a um dislate tamanho. Os alienados que vivem de estereótipos facilmente chegam à Madeira e se deleitam com o que os sentidos apreendem. Entronizam, de imediato, o Jardim, porque ele "faz alguma coisa".

P.S.: Bruno, existe alguma forme de me enviares o artigo do Expresso sobre as Incompatibilidades?
Abraço

Bruno Gonçalves disse...

"faz alguma coisa".

Não creio que a surpresa dos visitantes, se deva apenas às inúmeras "coisas" que encontram na Madeira, mas enfim, esta é uma interessante discussão que fica para outra altura.

Ab.

Ricardo disse...

Bruno,

É verdade que as eleições são democráticas mas, como devias ser o primeiro a reconhecer, uma vez que conheces bem a realidade da região, a RAM não é nenhum exemplo de Democracia. Num ponto, porém, concordo, os estereótipos que se criam à volta do que se passa na região estão longe de exemplificar com rigor os verdadeiros problemas da região.

Mas se, por acaso, considerares esta, a da RAM, uma Democracia exemplar então dificilmente vale a pena lançar mais dados à discussão ;).

Abraço,