terça-feira, junho 26

Um mau sinal


Leio no IHT que Sarkozy bloqueou as negociações da adesão da Turquia à União Europeia:

The move to block the opening of discussions on the key area of economic and monetary policy, which will be formally discussed Tuesday, comes at a critical time for Turkey, which is pursuing difficult political and economic reforms required for EU membership during an election year.

Não me canso de afirmar que o lugar da Turquia é na Europa, como membro de plenos direitos. Não como uma parceria privilegiada, mas como estado-membro. Neste momento, a Turquia está a levar a cabo várias reformas políticas e económicas importantes. Fechar as portas à Turquia nesta altura, é atirar borda fora todo o capital político e reformista que tem vindo a desenvolver.

A entrada da Turquia na UE beneficia todos. Num momento em que o clima geopolítico mundial está muito instável e as relações entre o Ocidente e o Islão são precárias, a Turquia, como país maioritariamente muçulmano e democrático, é uma mais valia na Europa.

Obviamente, não posso garantir que vá preencher todos os requisitos para a adesão, mas é dever da UE estimular e pressionar de modo a que esses objectivos sejam atingidos. É essencial para a Turquia, e para a própria União Europeia.

2 comentários:

Filipe Abrantes disse...

Ele foi eleito dizendo claramente aos franceses que não aceitaria, em nome da França, a entrada da Turquia.

Não vejo onde está o problema.

Carlos Correia disse...

a mim não me agrada muito um dia destes os turcos (islamicos/terroristas, sei que não são todos, mas que há muitos lá isso há) terem livre acesso à europa, se eles não querem mudar os costumes para se parecerem mais europeus então não sei o que querem da união europeia, a não ser o livre acesso.
por mim ficam fora.